+55 11 3090-4515

+55 11 94258-2270

Av. Paulista, 326. 9° andar – São Paulo – Brasil

‘Haja coração’, ‘Me ajuda aí’: bordão que vira marca não pode ser usado – UOL

Quando se fala em marcas registradas, todos pensam nas grandes empresas conhecidas mundialmente. Se forem copiadas, há problemas legais e pagamento de multas.

Mas não são apenas as grandes empresas que podem ter marcas associadas aos produtos que vendem. Bordões, nomes, jeito de andar e se vestir podem ser registrados como marca, desde que elas tenham um significado e expressem alguma coisa. E o uso comercial dessas marcas é exclusivo de quem registrou, ninguém mais pode se apropriar.

Segundo Franklin Gomes, sócio da FG Propriedade Intelectual, quem copiar uma marca registrada (ou patente) pode ser responsabilizado criminalmente por “crime contra registro de marca” ou violação de patente.

Esses são trechos da matéria publicada no portal do UOL, com a participação do nosso sócio-fundador Franklin Gomes.

Leia a matéria na íntegra

Rolar para o topo